A Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) indeferiu os pedidos de licença para pesca de tainha de todas as 50 embarcações industriais de cerco (traineiras) que trabalharam na safra passada. A pesca industrial de tainha seria aberta em 1º de junho, mas com isso ainda não há barcos autorizados para essa pescaria em 2016. Portanto, a tainha segue sendo capturada apenas pela pesca artesanal.

Diretora geral da Oceana no Brasil, Monica Peres, escreve artigo publicado neste sábado (23) no jornal Folha de S. Paulo. Intitulado de "Gestão pesqueira é desafio para o país", o artigo trata da atividade pesqueira no país, da sua importância socioeconômica e dos seus desafios. Também aborda a falta de dados, de manejo e de gestão, além da fragilidade do marco legal existente.

Páginas