Aves

Albatroz-de-bico-amarelo

Thalassarche chlororhynchos

Distribuição

Atlântico Norte e Sul

Habitat

Alto mar

Alimentação

Principalmente cefalópodes, mas também peixes e carne em putrefação

Taxonomia

Ordem Procellariiformes, Família Diomedeidae

Compartilhar

Facebook Twitter Pinterest Google+

O albatroz-de-bico-amarelo se aproxima da costa eventualmente nas regiões sul e sudeste. Atualmente, forma ninho nas ilhas do grupo de Tristão da Cunha e em Gough, do Atlântico Sul. Colocam geralmente apenas um ovo, que é incubado por cerca de 78 dias. Os filhotes ficam com os pais até quatro meses. É um dos menores albatrozes, chegando a medir pouco mais de 2 metros de envergadura e pesar 2,9kg.  Machos parecem ser maiores, como no caso de outros albatrozes. A morte incidental destes animais na pesca de espinhel provavelmente é a principal causa do declínio das populações dessa espécie, que atualmente está na lista de espécies ameaçadas de extinção (Portaria MMA 444/2014).