86% dos canadenses apoiam uma proibição nacional de plásticos descartáveis em 2021



10 Setembro 2020

Uma  pesquisa de opinião, encomendada pela Oceana no Canadá e realizada entre os dias 2 e 6 de junho deste ano, mostra que a maioria (86%) dos canadenses deseja que o governo cumpra o compromisso de proibir alguns tipos de plásticos de uso único (descartáveis) até 2021. No ano passado, 81% apoiavam essa proibição, segundo uma pesquisa semelhante realizada.
 
“Essa pesquisa mostra que, mais do que nunca, os canadenses querem um futuro sem esses plásticos descartáveis prejudiciais”, disse Kim Elmslie, diretora de campanhas da Oceana Canadá. “Não restam dúvidas: queremos que o governo canadense tome medidas rápidas e eficazes para acabar com o desastre do plástico, que está ficando cada vez grave”.
 
No início deste mês, no Dia Mundial dos Oceanos, a Oceana Canadá lançou um abaixo-assinado pedindo ao primeiro-ministro e ao ministro do Meio Ambiente que cumprissem o compromisso assumido por seu mandato de proibir plásticos descartáveis desnecessários – como canudos, garrafas, copos e outras embalagens de alimentos – até 2021. Mais de 50 mil pessoas aderiram ao abaixo-assinado cobrando ações sobre essa questão. A Oceana Canadá também divulgou um vídeo para ajudar a ilustrar o impacto da poluição por plásticos.
 
De acordo com a Oceana Canadá, vinte e dois milhões de quilos  de plástico chegam aos oceanos todos os dias, o equivalente a um caminhão de lixo por minuto, ameaçando a vida e os ecossistemas marinhos. Ele está em toda parte e em tudo, e nunca desaparece. Com o tempo, o plástico se decompõe em minúsculos pedaços, chamados de microplásticos, que todos comemos e aspiramos. Está no gelo do Ártico, em todos os peixes testados nos Grandes Lagos da América do Norte, nas belugas, nas aves marinhas e em mais da metade de todas as tartarugas-marinhas. Os plásticos estão no fundo do mar, nas partes mais profundas, e já foram encontrados até mesmo nas chuvas. Para piorar a situação, a produção de plástico deverá aumentar quatro vezes até 2050. 
 
Somente no Canadá:

• Menos de 10% do plástico descartado é reciclado.
• 47% dos resíduos plásticos gerados são provenientes de embalagens plásticas e de plásticos descartáveis.
• O Canadá gera 3,3 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano.
• Todos os anos, 29 mil toneladas de plástico vazam para o meio ambiente no Canadá, devido a resíduos de plástico mal gerenciados.
 
“O plástico é tão predominante em nossas vidas que é quase impossível viver totalmente sem ele. Está em toda parte: de copos de café com revestimento plástico a canetas e talheres de plástico oferecidos com comida para delivery”, disse Elmslie. “Mas ainda há esperança para os nossos oceanos. Nós mesmos podemos acabar com o desastre do plástico, interrompendo-o na fonte, pelos nossos oceanos e pelo nosso futuro. Ao implementar a proibição nacional prometida, nosso governo tem a oportunidade de mostrar liderança para ajudar a resolver essa crise global para a qual nós, como país, estamos contribuindo”, completou.